geral

Idoso de 99 anos enfrenta mais de três mil processos na Justiça e luta para provar inocência

Creditos: G1

F
rancisco, um ex-funcionário do Grupo João Santos, teve uma carreira bem-sucedida no Banco do Brasil antes de ser contratado pelo Grupo para fazer o planejamento estratégico da empresa. No entanto, ele começou a apontar problemas na contabilidade do conglomerado nos anos 2000 e pediu demissão em 2015. A situação piorou quando sua esposa adoeceu com uma doença imunológica grave e ele não recebeu o que ele considerava que lhe era devido do grupo.

    Francisco é alvo de muitos processos na Justiça, incluindo processos trabalhistas, tributários e criminais. Ele já respondeu a mais de cinco mil processos e teve sua aposentadoria bloqueada. Em agosto de 2023, 30% da sua aposentadoria foi bloqueada para pagar ações e a defesa recorreu na Justiça, mas perdeu. A conta foi bloqueada em março para pagar uma ação trabalhista e foi desbloqueada um mês depois.

    Em janeiro deste ano, a Justiça Federal retirou Francisco do rol de investigados da Operação Background, atestando a inocência dele no âmbito criminal. Hoje, a maioria dos processos contra Francisco é trabalhista e ele já perdeu 150 ações na Justiça, mas recorre em todas elas. A atual administração do Grupo João Santos afirmou que as dívidas do grupo geradas até 2022, incluindo a que tem com Francisco, estão sendo pagas dentro dos prazos e que o grupo está sendo conduzido de forma a garantir a estabilidade com a reestruturação.

Ver notícia completa...