politica

Planalto começa a desenhar nova retirada emergencial de brasileiros do Oriente Médio

Creditos: G1 Política

A
apresentadora do Conexão GloboNews informa que o governo brasileiro está se preparando para uma possível operação de retirada emergencial de brasileiros e parentes em países do Oriente Médio que estão na linha de risco de escalada da guerra. O plano está sendo debatido desde o fim de semana, quando o Irã atacou Israel em resposta a um atentado na embaixada iraniana na Síria que matou três comandantes graduados do país. O Palácio do Planalto está ciente de que ninguém, exceto talvez Benjamin Netanyahu, deseja o agravamento do conflito e uma escalada regional. Netanyahu tem interesse na manutenção da guerra porque, uma vez que o tema se resolva, terá de prestar contas sobre as falhas de seu governo, incluindo na segurança nacional, já que foi sob sua gestão que o Hamas promoveu o maior atentado em solo israelense da história. Por isso, o governo está projetando cenários em que uma nova retirada emergencial de brasileiros que estejam em países envolvidos no conflito, como Síria, Irã, Cisjordânia e Líbano, seja realizada. A situação está sendo avaliada "minuto a minuto".

Ver notícia completa...

Mais notícias sobre politica
politica

Ministro de apoio ao RS diz que governo estuda pagar famílias para abrigar vítimas das chuvas

Paulo Pimenta estimou que repasse pode ser de R$ 400 por pessoa abrigada; medida deverá ser discutida junto ao Ministério do Desenvolvimento Social nos próximos dias. RS tem mais de 75 mil pessoas em abrigos e mais de 540 mil desalojadas. Ministro Pa
Mais notícias sobre politica
politica

Debate para governador de Alagoas

Quatro candidatos participaram de debate nesta terça-feira (2), com transmissão pela TV Gazeta e pelo G1. Debate para governador de Alagoas Quatro candidatos participaram de debate nesta terça-feira (2), com transmissão pela TV Gazeta e pelo G1. Mediado p
Mais noticias para voce
geral

Mulher presa por stalkear médico chegou a ligar 500 vezes e a enviar 1,3 mil mensagens em um dia

Kawara Welch também fez ligações insistentes para a mulher do profissional e para o filho dele. 'Tinha momentos de horrores, que eu entrava em pânico, porque ou ela aparecia ou ela fazia alguma coisa inesperada'. 'Tinha momentos de horrores', diz médico q