esportes

STJ julgará pedido da Itália para Robinho cumprir pena no Brasil

Creditos: Terra Esportes

O
jogador Robinho foi condenado por violência sexual de grupo na Itália e aguarda a definição do Superior Tribunal de Justiça (STJ) sobre se ele poderá cumprir a pena no Brasil. A Itália pediu para que a pena seja cumprida no Brasil e o STJ decidirá se aceitar ou não o pedido no próximo dia 20 de março. Se o pedido for aceito, Robinho poderá cumprir a pena no Brasil. Se o pedido for rejeitado, o processo começará do zero no Brasil. A defesa do jogador também pode entrar com um recurso se a decisão não for favorável. A pena foi imposta em 2017 e a Itália confirmou a sentença em outras instâncias. A pena não foi cumprida até então porque o Brasil não extradita seus cidadãos. Robinho reside no litoral paulista desde que voltou ao Brasil e esteve no CT do Santos para um churrasco com o elenco profissional. No entanto, o clube paulista divulgou uma nota afirmando que o ex-jogador não foi convidado para o evento e esteve no local para levar um exame do filho que atua na equipe sub-17. O crime ocorreu na Sio Café, uma boate de Milão, na madrugada do dia 22 de janeiro de 2013. A vítima, que reside na Itália, foi à boate com uma amiga para comemorar seu aniversário de 23 anos. A violência aconteceu dentro do camarim do local. Amigos do jogador e os outros quatro brasileiros deixaram a Itália durante a investigação e não foram acusados. A primeira condenação do ex-jogador do Santos e de Ricardo Falco foi em novembro de 2017.

Ver notícia completa...